Bandeira de Missões

Motivando

Os símbolos são um importante recurso didático. Pensando na necessidade de fortalecer a visão e o compromisso dos cristãos com a obra missionária da evangelização, o pastor José Bernardo, líder da AMME Evangelizar, propôs esta bandeira para uso nas igrejas, missões, conferências, eventos evangelísticos e missionários, enfim, onde quer que a igreja precise ser lembrada de sua missão essencial: a evangelização. A bandeira foi proposta no dia 31 de outubro de 2008, celebrando o dia da Reforma Protestante.

www.missaoamme.org
Uma bandeira para missões
  • Justificativa: Há muitas figuras que poderiam representar a obra missionária, mas a “água da vida” é, sem dúvida, uma das preferidas de Jesus. “No último dia, o grande dia da festa, levantou-se Jesus e exclamou: Se alguém tem sede, venha a mim e beba. Quem crer em mim, como diz a Escritura, do seu interior fluirão rios de água viva.” Jo 7:37,38. Bem conectada às palavras de Jesus é a visão profética de Ezequiel que anunciava um tempo como esse, falando de um rio que saía do Templo e que, sem receber qualquer outro afluente, se tornava mais e mais caudaloso, curando tudo por onde passava, favorecendo a pesca e o crescimento de árvores frutíferas. É daquela passagem a frase que bem pode resumir o significado da bandeira sugerida e lhe servir de divisa: “… por onde quer que este rio passe, tudo viverá” Ez 47:9. Beber da água da vida que é a Palavra de Deus e se tornar uma fonte, fazendo fluir um rio de água que dá vida a outros, que por sua vez também engrossam as correntes desse rio – esta é uma completa descrição da obra que estamos realizando ao cumprir nossa missão de evangelizar.
  • Descrição: Uma bandeira deve ser simples, facilmente reconhecida e reproduzida. A Bandeira de Missões atende as normas da vexilologia – matéria que estuda as bandeiras – e da heráldica. 1) Dimensões – 14 módulos de largura (altura) e 20 módulos de comprimento; 2) Desenho – verde com três listas onduladas largas amarelas; 3) Especificações – as listas ocupam os oito módulos centrais da altura, e formam um desenho infinito (os dois lados se completam). O verde representa vida, o amarelo representa valor, as listas onduladas juntas representam o rio da vida, sendo três, as listas representam o tríplice compromisso do cristão com a obra missionária: intercessão, doação e evangelização.

Na representação artística acima o desenho da bandeira aparece à frente de foto do Rio Madeira. Essa bandeira vem sendo utilizada desde 2008, principalmente em eventos missionários e particularmente em relação ao trabalho missionário com a diáspora lusófona.

Tagged

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *